Consultor de destilados e charutos e cocriador do 51 Assinatura, Cesar Adames é formado em Administração Hoteleira na UCS-RS, estudou o universo das bebidas destiladas na WSET-Wine Spirits Education Trust em Londres e Sommelier de Cervejas pela Doemens Akademie. Trabalhou nas revistas Gula e Prazeres da Mesa por 15 anos. Atualmente leciona sobre bebidas nos cursos de Cozinheiro Chef Internacional e na Pós-Graduação em Gastronomia Brasileira do SENAC-SP e na WSET/Enocultura de Londres, além de colaborar com diversas publicações do setor. É coautor do livro O essencial em cervejas e destilados, publicado pela Senac Editora. Já participou da elaboração de blends de cachaças e é membro da Cúpula da Cachaça, grupo multidisciplinar que estuda e divulga o assunto.

Com 12 anos de experiência em bares, Adriana Pino é uma profissional em constante busca de aperfeiçoar a arte da coquetelaria. Para suas composições, cria seus próprios ingredientes, infusões, caldas, espumas e licores, desenvolvidos para garantir exclusividade e realçar sabores, aromas e texturas. Quando possível, serve em seus coquetéis as ervas que cultiva em uma hortinha no bar, o que é um verdadeiro mimo para seus clientes. Adriana já atuou em estabelecimentos como Grupo Unique, La Brasserie EJ, Candela e Brown Sugar, além de contribuir para o desenvolvimento do bar da Pink Elephant e BC, algumas das casas noturnas mais sofisticadas da cidade. Um de seus diferenciais é incorporar novos conceitos de redução, reaproveitamento e reciclagem ao seu trabalho, tanto por meio da utilização de ingredientes quanto de produtos e destinação de seus resíduos.

Adriana desenvolveu especialmente para o 51 Assinatura um mix de cachaças saborizadas que harmonizam sabores como jambu, cumaru (também conhecido como baunilha brasileira), canela, gengibre e mel. Um drink versátil que pode ser consumido tanto como aperitivo quanto como licor quando congelado.

Um dos bartenders com mais tempo atrás de um único balcão, Alexandre D’Agostino comanda há 17 anos o bar do renomado restaurante Spot. Foi lá que aflorou o seu conhecimento nato para criação e elaboração de drinks e aprimorou suas técnicas de coquetelaria. Com mais de 50 tipos de bebidas disponíveis, Alexandre sabe de cor a receita de mais de 150 drinks de tanto fazê-los em busca da harmonização perfeita. Atualmente, além de ser o bartender do estabelecimento, é responsável pelo treinamento da equipe do Spot e pelo desenvolvimento do cardápio de drinks do estabelecimento. Quando não está em meio a doses e copos, Alexandre contribui para publicações sobre bares e bebidas como Revista GoWhere, Prazeres da mesa e Revista da Folha.

Para o 51 Assinatura, Alê criou um drink carbonatado composto de caldo de cana, baunilha, Cachaça 51 e sabores cítricos.

Com apenas 27 anos e aproximadamente 10 de experiência como mixologista, Felipe Rara é um profissional que incorpora em sua coquetelaria traços de balcões de diferentes partes do mundo em que já atuou. São drinks com inspirações das principais capitais europeias e de países da América Latina como o Peru. De volta ao Brasil, como headbartender do bistrô Le Bilboquet, Felipe apresenta criações exclusivas que compõem a terceira parte do seu menu “A bússola perdida”, uma das formas mais inovadoras de apresentar uma carta de drinks já vista no pais. Nesta fase, o mixologista elaborou drinks inspirados na França que trazem em suas composições infusões, bitters, tintura, clarificação, licores e xaropes, produzidos artesanalmente.

Para o 51 Assinatura, Felipe apresenta uma cachaça defumada, um convite para reviver o passado brasileiro e suas origens, vivenciar, apreciar e reverenciar a cachaça no mundo globalizado.

Após uma lesão nos campos de futebol londrinos, em 2000, Marcelo Serrano deixou o sonho de ser jogador para se dedicar à arte da coquetelaria. Atrás de balcões de bares em Londres, onde atuou por seis anos, aprendeu técnicas e combinações que são inspiração e influenciam até hoje o seu trabalho como mixologista. De volta ao Brasil, Marcelo comandou o Buddha Bar, o East Bar Lounge e o famoso MyN. Atualmente à frente do bar do Brasserie Des Arts, Marcelo montou uma carta de drinks que mistura clássicos com coquetéis autorais. Bastante reconhecido no cenário de mixologia nacional, Serrano foi premiado por cinco anos consecutivos no Prêmio Comer & Beber (de 2010 a 2015), organizado pela revista Veja, como melhor barman, por quatro vezes reconhecido pela revista Gula e duas vezes no Melhores da Mesa da Prazeres da Mesa.

Amaro, a criação de Marcelo para o 51 Assinatura, é uma bebida composta alcóolica de alta flexibilidade na produção de coquetéis ou consumida pura.

Publicitário de formação e bartender de vocação, Paulo Cesar Corghis sempre gostou de misturar sabores e criar drinks nas festas e comemorações de amigos e familiares. Há dois anos, o que era um hobby se tornou profissão quando assumiu a liderança do bar do Noname Boteco. Desde o início do ano atua como Head Bartender e Mixologista do Camden House, o primeiro Gastropub de São Paulo, onde apresenta todas as noites suas criações exclusivas inspiradas nos bairros londrinos. Paulo é formado como bartender pelo Senac (2014), em enocultura pela WSET Níveis I e II e em Produção de Bitter, Vermouths, Insumos, entre outros pela Pró-Drinks (2015).

No 51 Assinatura, Paulo apresenta sua Experiência Número 3: um drink de coco infusionado em cachaça maracujá e grenadine, que relembra suas origens e a simplicidade do interior.